10 motivos para investir em endomarketing - Cucas
Manter equipes engajadas e alinhadas aos propósitos e às estratégias do negócio é um dos maiores desafios enfrentados pelas empresas, sobretudo, em um contexto de expansão do home office. Nesse cenário, a comunicação interna ganha ainda mais relevância.
Comunicação interna, Motivos para investir em comunicação interna, Comunicação empresarial, home office, equipe, público interno, engajamento
59290
single,single-post,postid-59290,single-format-standard,qode-core-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,pitch-ver-1.2, vertical_menu_with_scroll,smooth_scroll,grid_1300,blog_installed,wpb-js-composer js-comp-ver-4.9.1,vc_responsive
Many portraits faces of diverse young and aged people webcam view, while engaged in videoconference on-line meeting lead by african businessman leader. Group video call application easy usage concept

10 motivos para investir em endomarketing

Manter equipes engajadas e alinhadas aos propósitos e às estratégias do negócio é um dos maiores desafios enfrentados pelas empresas, sobretudo, em um contexto de expansão do home office. Nesse cenário, a comunicação interna ou o endomarketing, que sempre foi um recurso valioso para a gestão empresarial, ganha ainda mais relevância.

O que é comunicação interna?

Comunicação interna é o processo de troca de informações coordenado pelas empresas com o objetivo de disseminar práticas, valores e propósitos que caracterizam a cultura organizacional. Por meio de um conjunto de ações, a área de comunicação interna promove o alinhamento de estratégias e condutas que devem ser observadas pelos colaboradores na execução de suas atividades profissionais. Dessa forma, o setor cumpre uma série de funções junto às equipes da empresa, pois é fundamental para educar, orientar, informar, motivar, prestar esclarecimentos e dirimir conflitos.

O papel central da área de comunicação interna é converter estratégias, projetos, planos, práticas, valores e propósitos da organização em informações didáticas e objetivas, fazendo com que todos trabalhem de forma coesa e alinhados à cultura da organização. A disseminação dessas informações é outra etapa importante do trabalho de comunicação interna, que também tem a atribuição de identificar os melhores formatos e meios para promover a comunicação com o público interno – considerando tanto a escuta (recebimento de demandas vindas dos colaboradores) quanto a fala (transmissão das informações para os colaboradores).

Como ferramentas, a comunicação interna pode adotar recursos como intranet, e-mails, rede social corporativa, mural, caixa de sugestões, canais de interação, materiais físicos ou eletrônicos (como memorandos, manuais, revistas, folders, informativos, infográficos etc.), entre outras soluções. Vale destacar que, muitas vezes, a comunicação interna se propaga de forma presencial por meio de treinamentos, webinars, apresentações e reuniões.

Por que investir em endomarketing?

Ter uma equipe bem orientada, motivada e comprometida com as estratégias, os valores e o propósito da organização é o melhor dos mundos, não é mesmo? Uma empresa que não tenha processos de comunicação interna estruturados pode ter dificuldade para chegar a esse nível de alinhamento, por isso esse investimento é tão importante.

Para demonstrar isso de forma prática, separamos 10 bons motivos para investir na área. Em resumo, a comunicação interna:

  1. dissemina conhecimento;
  2. fortalece a cultura organizacional;
  3. engaja as equipes;
  4. promove o alinhamento estratégico;
  5. melhora o ambiente de trabalho;
  6. monitora as demandas e as percepções dos colaboradores;
  7. contribui para o atingimento de metas;
  8. amplia a credibilidade e a transparência da empresa;
  9. aprimora processos;
  10. auxilia a superar de crises.

Agora, confira mais detalhes, ponto a ponto.

  1. A comunicação interna dissemina conhecimento

As empresas são ambientes que desenvolvem conhecimento – abrangendo desde instruções técnicas aos valores éticos e profissionais incorporados pela organização. A comunicação interna exerce papel importante, nesse ponto, pois tem a capacidade de transmitir esses conhecimentos de forma didática, contribuindo para o desenvolvimento de todos. É o caso, por exemplo, da elaboração e da propagação do código de conduta ética.

  1. A comunicação interna fortalece a cultura organizacional

Ao disseminar conhecimento, a comunicação interna trabalha para o fortalecimento da cultura organizacional. Entretanto, essa atuação não é pontual ou esporádica. É essencial que o setor esteja atento para incorporar os valores, as práticas e os propósitos da empresa aos conteúdos que produz e divulga, fazendo com que a cultura da organização esteja constantemente presente na rotina dos colaboradores.

  1. A comunicação interna engaja equipes

A comunicação interna procura mobilizar, motivar e engajar as equipes para que coloquem em prática as diretrizes da organização de acordo com os propósitos de cada ação divulgada. Campanhas de segurança do trabalho exemplificam iniciativas que visam ao engajamento de todos.

  1. A comunicação promove o alinhamento estratégico

Planos que não saem do papel ou resultados que nunca são alcançados podem ser reflexo de problemas de comunicação. As estratégias da empresa devem ser corretamente repassadas para as equipes. Não basta apenas informar, é preciso construir uma comunicação que faça sentido para o público interno e que consiga promover o alinhamento estratégico em todos os níveis da organização.

  1. A comunicação interna melhora o ambiente de trabalho

Por uma série de motivos, a comunicação interna consegue melhorar o ambiente de trabalho. O primeiro ponto é que a área dissemina informações, conhecimentos e orientações que beneficiam todos – contribuindo tanto para o desenvolvimento profissional quanto para o bem-estar pessoal. Além disso, os colaboradores desejam saber o que se passa na empresa, quais são seus projetos e perspectivas de futuro, pois isso traz o sentimento de pertencimento ao grupo, assim como todos querem ser ouvidos e trazer contribuições que sejam recebidas com a devida atenção. Quando a comunicação interna consegue viabilizar todos esses pontos, sendo proativa ao falar com o grupo e desenvolvendo a escuta ativa, o ambiente de trabalho torna-se mais positivo, reduzindo ruídos, boatos e conflitos.

  1. O endomarketing monitora as demandas e as percepções dos colaboradores

Comunicação é diálogo, ou seja, se dá em duas vias: a fala e a escuta. A área de endomarketing deve se voltar para esses dois lados, pois tão importante quanto transmitir informações é que seja capaz de receber feedbacks, consolidando canais adequados para isso. Ao se dedicar à escuta ativa, a área de comunicação interna gera confiança. Dessa forma, consegue repassar para os gestores a voz dos colaboradores, identificando demandas e percepções que as equipes têm e precisam ser levadas em consideração pela administração.

  1. A comunicação interna contribui para o atingimento de metas

Pelo domínio que tem sobre abordagens e meios de comunicação com o público interno, a área pode contribuir para o atingimento de metas, informando e orientando as equipes sobre a atividade que desempenham e sobre como alcançar melhores resultados.

  1. O endomarketing amplia a credibilidade e a transparência da empresa

Uma organização que consegue se comunicar bem com o público interno demonstra mais credibilidade e transparência. Esse ponto é indispensável para assegurar o engajamento dos colaboradores, o alinhamento estratégico e a disseminação da cultura organizacional. Por isso, investir em comunicação interna é tão importante.

  1. A comunicação interna aprimora processos

A comunicação interna contribui para o aprimoramento dos processos, divulgando-os de forma didática para os colaboradores em diferentes oportunidades, seja no processo de integração de um novo funcionário ou na revisão de práticas adotadas pela empresa.

  1. A comunicação interna auxilia a superar crises

Em momentos de crise, a comunicação interna se torna um dos pontos de apoio tanto para gestores quanto para colaboradores. Nesse caso, a área será acionada pela administração para informar o público interno a respeito da situação, dos planos e das perspectivas para o negócio. A transparência é o melhor mecanismo para tranquilizar as pessoas em contextos incertos e fortalecer o espírito de equipe. Outro papel determinante do setor é promover a escuta dos colaboradores, esclarecendo suas dúvidas. Dessa forma, a área traz uma grande contribuição para que as dificuldades sejam superadas.

A comunicação interna deve atuar em parceria com todos os setores e lideranças da empresa, podendo contar, ainda, com apoio externo, de agências de comunicação especializadas. A soma de esforços potencializa investimentos e resultados.

Gostou de conhecer os 10 motivos para investir em comunicação interna? Então, continue no nosso blog e saiba mais sobre a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) e como se comunicar com diferentes públicos.



Cucas Conteúdo Chat
Conversar no WhatsApp